Nearby

Alfredo Hisa
09min00s | Brasil | 2010 | Experimental

Compartilhar

Adicionar à lista

Cotação
Clique nas estrelas para avaliar o filme:
URL:
Embed:

Sinopse

No ritmo acelerado do cotidiano urbano, horários marcados acotovelam-se com inevitáveis atrasos. Nas ruas, indivíduos e meios de transporte deslocam-se freneticamente, atarefados, sempre com destino predeterminado. Mas apesar de o homem estar cercado de obrigações e restrições, nada o impede de libertar sua mente, que seja por um momento, para deixar fluir sua imaginação, seus devaneios, seu sonho acordado. Os videos da série "O vão dos pensamentos vãos" mostram a rotina na cidade sendo afetada por intervenções inesperadas, que logo desaparecem. Sua manifestação não causa estardalhaço nem susto: não são alucinações e estão em plena harmonia com o contexto urbano.

Ficha técnica

direção Alfredo Hisa
produção Alfredo Hisa
edição Alfredo Hisa
roteiro Alfredo Hisa
música Paulo Beto
elenco n/a

Sobre o diretor

Alfredo Hisa

Alfredo Takashi Hisa é videomaker, fotógrafo e diretor de animação baseado em São Paulo, Brasil. Seu trabalho artístico aborda de forma inesperada e lírica a urbanidade e o cotidiano. Expressa-se através de fotografia, video, animação, desenho, muitas vezes combinando as técnicas. Nasceu em 07 de novembro de 1970, em São Paulo. Formou-se em Publicidade e Propaganda na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap).

Veja outros

The Sunset of Snail

Assista ao vídeo

Drop in the Darkness

Assista ao vídeo

Exercise

Assista ao vídeo

Paroles

Assista ao vídeo

Nearby

Assista ao vídeo

Comentários

Marcelo Bressanin [membro do júri]

07/01/2012 15:25:20

Nearby: nada demais. sem foco. sem decisão.

Gustavo Santos [membro do júri]

07/01/2012 00:39:17

Nearby: recortes de imagens pessoais demais. comum. geração digital. peca principalmente na trilha.

Macau Amaral [membro do júri]

06/01/2012 23:34:03

Nearby: #tortura

Gustavo Santos

06/01/2012 23:21:23

Nearby: recortes de imagens pessoais demais. comum. geração digital. peca principalmente na trilha.

João Dudená [membro do júri]

06/01/2012 06:20:53

Nearby: video "colagem".

Patricia Moran [membro do júri]

05/01/2012 17:54:23

Nearby: jogos visuais interessantes. o enquadramento brinca com o macaco.esta sinfonia da metrópole se apoia na música de paulo beto, impede o silêncio, não escutamos a metrópole.

Francisco Cesar Filho [membro do júri]

05/01/2012 13:48:22

Nearby: mais para ensaio fotográfico, tem equivocada trilha sonora onipresente.

Marcus Bastos [membro do júri]

05/01/2012 12:27:07

Nearby: boas imagens e bons momentos, mas tudo fica perdido num todo irregular.

Renata Martins [membro do júri]

02/01/2012 16:45:19

Nearby: falta harmonia. se houve intenção de fluidez, faltou cuidado na montagem.

Roberto Moreira dos Santos Cruz [membro do júri]

02/01/2012 14:34:18

Nearby: este tipo de vídeo, feito por uma"mão"só, carece de uma olhar de fora, alguém pra opinar sobre a estrutura da montagem e das possibilidades narrativas. boa ideia, mas poderia ter sido mais trabalhado.

Tatiana Azzi [membro do júri]

02/01/2012 12:33:58

Nearby: a sinopse me deixou muito mais instigada que o filme, achei desconexo demais.. a trilha é irritante.

Cristiane Mesquita [membro do júri]

25/12/2011 22:16:23

Nearby: excessivamente desconexo

Sávio Leite [membro do júri]

20/12/2011 11:58:16

Nearby: nearby: fiquei curioso com as animações

Roberta Canuto [membro do júri]

18/12/2011 22:48:52

Nearby: quando a realizacao nao sustenta o cardapio das intencoes...fragil

Elisa Resende [membro do júri]

04/12/2011 15:04:50

Nearby: com belas imagens urbanas e curiosas intervenções o vídeo cria, a princípio, uma espécie de "sinfonia de uma metrópole". esse jogo das intervenções dá às imagens urbanas um ludismo, um frescor. mas o jogo não se sustenta, ele se perde em vão.

Paulinho Saturnino Figueiredo [membro do júri]

24/11/2011 19:38:26

Nearby: bonita "sinfonia de imagens", conduzida por bela trilha musical, mas que se perde em suas tantas e muitas intenções.

Tête Tavares [membro do júri]

10/11/2011 16:50:10

Nearby: achei bem difícil fazer um comentário sobre esse curta, mas acho que falta alguma coisa que conecte essas "intervenções inesperadas" explicadas pelo autor na sinopse. a diversidade de locais, cenas, situações e mesmo das próprias "intervenções" não são capazes de dar uma unidade ao filme. e talvez a trilha aumente ainda mais essa sensação de dispersão.

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado para postar comentários